• Sonia Monteiro

Janela do Tempo!!



O que resta de mim, quando me misturo a ti??

Quem sou eu, quando não estou em ti??

Quando meus pés te tocam e meu olhos te contemplam, finalmente estou em casa...

Em casa eu sei quem EU SOU...

E quando EU SOU, então estou em paz!!








Só quando me aninhei em mim mesma eu pude ver

Só quando acendi minha própria luz, pude descansar na minha escuridão

Já tive muita pressa, fui feita de emergências, me esgotei das minhas urgências

Em um dia qualquer, assim meio de repente, me dei conta

Que o tempo é mais teimoso que eu, insiste em voar e também em parar e ele quem decide

Mas, aprendi a partir de mim, olhar pra fora e me encantar até me transbordar...

Como é belo o mundo que eu olho

Ainda que, eu esteja, em alguns momentos, apenas respeitanto o tempo...

Que é mais teimoso que eu...

Mas EU SOU também o Tempo!!







O tempo passou

Foi tanto tempo

E tempo nenhum...

Será eu ainda a mesma

Estariam as outras de mim, ainda guardadas na linha do tempo??

Isso é bom, ou não??

Elas me ligam no tempo da história

Mas também me remetem no tempo, por vezes de forma arrebatadora

Sou hoje outra??

Também sou...

Mas depois que me lancei a caminhar no tempo

Aprendi a lidar com o tempo do tempo!!

Ou talvez ainda não...

Sonia Monteiro



Entre 2010 e 2022!!

0 comentário