• Sonia Monteiro

Benção da Amizade, uma declaração de Amor...

Vinicius é um poeta...

Eu sou só uma romântica...

Aqui coloco todos os meus amigos, amigos de todos os tempos, de todos os bandos, aqueles que sabem exatamente o quanto eu os amo e também aqueles que não acreditam, aqueles que nem imaginam, e aqueles que nem fazem questão...


Alguns amigos também amados, podem ter me escapado...


Amigo é assim, uma identificação de alma....Que chega na vida da gente como um canal de cura...


E amor é assim, basta uma semente lançada (papo de jardineira que sou...), eu não perco uma semente, embora alguns a tenham remetido fora...

Tem amigo que passou feito uma flecha, mas conseguiu mudar o rumo de uma história, pode nem ter se dado conta, tem amigo do passado, do tempo da coca cola com café, pra estudar de madrugada, e tem amigo do tempo que estudar era desculpa pra passar a noite em claro, comendo sanduiche de pepino...


Amigo que morreu e nasceu junto... Amigo de outros tempos....Amigo que voou junto, renasceu junto...


Amigo consultor, amigo mestre, amigo de afinidade mas que a gente nem se ve, apenas se ajuda, se respeita, se admira...


Amigo que cresceu, ficou grande, bobo, casou, teve filho e a gente continua amigo...


Tem amigo importado, da Italia, da Bahia, do sul, do norte e de todo lugar...


Amigo jovem e amigo experiente, amigo que acabou de chegar e já invadiu o coração, tem amigo aqui que nem ví e ficou importante, vai saber porque...


Tem aqueles que eu queria tanto que ficasse, mas preferiram ir, mas deixaram seu rastro...


Tem amigo que chorou comigo (até parece que é muito raro isso....rssss), que riu comigo...


Tem amigo que tratamos de manamiga, miguxa, mano, irmão...

Tem quem me conheceu por dentro, mas só exercendo a profissão...

Tem amigo que me cobriu a noite, pensando que eu não tava vendo...

Tem aqueles que me olham e sabem, nem precisam me ouvir, que ouvem e reconhecem...

Tem amigo, que mostrou a vida, enquanto segurava minha mão,

Tem quem não tá entendendo nada e quem tá entendendo tudo....

Tem amigo que está chegando, com café agendado e aqueles que estão esperando pra marcar e ainda assim me perdoam

Tem quem achei por foto....Tem agulhas colhidas no palheiro...

Tem quem pincei por sorte...


Amigos que me fizeram suspirar de amor...E sabem do seu imenso valor....

Sem vocês, o que seria de mim....

Vocês é que dão luz a minha vida, colorido aos meus dias...

Por vocês estarem em minha vida, eu me sinto acolhida, segura, sustentada....

O amor é assim tão delicioso de sentir....É transformador....E como o ar que nos dá vida, é de graça....Pode ser incondicional....

Lendo Vinicius, senti vontade de estar com todos vocês ao mesmo tempo, envolvida num abraço, de olhos fechados, apenas sentindo essa energia de amor, muitos conhecem esse tipo de abraço, embolado, tudo junto...

Outros conhecem o abraço de urso, cada abraço é único, mesmo que venha um atrás do outro...

Mas, com certeza todos vocês estão absolutamente guardados no meu coração...

Costumo dizer, que vocês foram os presentes que o Universo foi me dando no decorrer da minha história....

Muitos se conhecem, outros ouviram falar, muitos nunca se viram, mas com certeza nesta teia de amigos, estão ligados por alguma semelhança que nesta dimensão não se explica....

Como nunca se sabe ao certo quando terei apenas 5 minutos, vocês já sabem, mas faço questão de reforçar, de declarar ....

AMO VOCÊS MEUS AMIGOS!!!


Com amor e luz


Sonia Monteiro


P.S Quando escrevi este texto ela ainda estava entre nós. Mas ela se foi pro outro lado do véu! Foi a primeira amiga da minha vida, nos conhecemos quando tínhamos apenas 4 anos de idade, ela era de Aquário e eu de Libra, nossa amizade foi maravilhosa, de uma vida toda, com inúmeras histórias, com percalços, distâncias do tempo, mas jamais deixamos de ser quem fomos uma para a outra. Amiga eu te amarei para sempre!!

Deixo esta foto em homenagem à ela, no meu aniversário de 18 anos: Áurea Marisa!!



Por Vinicius de Morais

Aos Meus Amigos:

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.

Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem

intrínseco a cisma que não admite a rivalidade.

E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.

Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.

Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar!

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.

Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.

E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.

Se todos eles morrerem, eu desabo!

Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.

E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem-estar.

Ela é, talvez,fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece e que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que não desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

A gente não faz amigos, reconhece-os."


Vinícius de Moraes

0 comentário