• Sonia Monteiro

PRECE AO ESPÍRITO ESSENCIAL


Que as nossas energias sejam as mesmas da Nascente de Todas as Vidas.

Que as nossas mãos possam ser a expressão das mãos do Grande Curador.

Que nossos olhos possam brilhar, assim como brilham o Sol da Vida

e o sol de nossos corações.

Que as nossas preces sejam de gratidão e nossas ações tenham a consciência da dança da vida, do Grande Mistério, presente em cada ação.

Que nossos pés toquem a Mãe Terra com carinho, tornando cada passo sagrado.

Que nossos semblantes possam expressar a doçura do beija-flor,

contemplar com alegria e interagir nos belos vôos transitórios das vidas.

Que os alimentos sejam abençoados como sendo a primeira semente gerada em Gaia.

Que todos os trabalhos de nossas vidas possam ser serviços de auxilio e evolução.

Que o nosso discernimento possa atuar com as energias do movimento da serpente,

a agilidade do puma e o vôo do condor.

Que nossa inteligência torne-se sabedoria nos caminhos ancestrais

que o búfalo estelar nos ensina.

Que nossas mãos unidas no Bem Maior, o Grande Espírito, possam reintegrar o círculo sagrado em profunda união e bênçãos de cura.

Que nossas consciências possam agradecer a presença, em nós, de outras tantas consciências benéficas ancestrais.

Que cada ser que existe no universo possa reconectar-se,

renascer e retransmitir a vida luminosa, a consciência além dos gestos e palavras...

Que possam verdadeiramente sentir!

Sentir que somos o brilho estelar expressando o Sagrado nas águas de nossos corpos.

Somos as mãos do espírito movimentando as ondas dos mundos na eterna evolução.

Somos o Sol do Amor que vitaliza o invisível e o transforma nas formas visíveis de vida.

Somos os espíritos da grande invocação,

que sustentam as consciências nos ventos de mudanças e transformação.

Somos as pegadas luminosas do Sagrado que guia os caminhos misteriosos do coração.

Somos o caminho eterno da Grande Beleza.

Somos a Vida de suas próprias vidas.

Somos o espelho do seu melhor.

Somos o Primeiro Amor, a semente, a Mãe Terra, a Árvore da Vida, os frutos,

a copa e o Pai Céu.

Somos sempre muitos, não existe um "eu' nem um "meu".

Somos a expressão do Um em nós mesmos.

Somos o movimento completo da aceitação.

Do alto, do meio e do baixo, somos a integração.

Em tudo e em qualquer lugar, somos evolução.

Somos a voz dos antigos que sempre reverenciam a vida e a tudo que existe como sagrado.

Somos a vida do Grande Mistério expressando os círculos mágicos da imortalidade,

da eternidade, do amor em ascensão.

Somos as vibrações da Presença.

Somos as folhas verdes de honra e respeito, de ternura e harmonia, de cura e evolução.

Somos a Luz do Amor em prece que passeia pelos mundos celestes,

a Teia Sagrada de todas as realizações,

e que retorna potencializado ao seu coração!

Mitakuye Oyasin!

Por todas as nossas relações!

0 comentário